domingo, 21 de agosto de 2011

AVISO - As imagens que se seguem poderão ferir a susceptibilidade dos espectadores mais sensíveis.

Fui ao fundo do baú e descobri estas imagens da Nathional Geographic de baleias, o maior mamifero do planeta e que se encontra em vias de extinção.






12 comentários:

Nelson Aguiar disse...

Que barrigonas!Se não te conhece-se, dizia que das 3 vezes tinha sido sempre gemeos!
Nota: Fui o visitante 14.000

Anónimo disse...

Está espectacular, parabens!
Lindas barriguinhas, mas as mamocas estao brutais.. ehehehe
Para quando um post sobre a tua ida ao programa, gostava de saber algo mais, beijos
AC

Kate Moch disse...

Visitante nº 14000: Dirija-se à nossa redacção para recolher o seu prémio.
AC: Tu és demais. Fica sabendo que as mamocas diminuiram tanto como a barriga, em proporção. Portanto "estavam" brutais.

wolfinho disse...

Não precisas de andar a por fotos para te compararmos com agora, já se nota BEM os resultados do teu sacrifício. lol lol lol lol

Feridas disse...

Bolas, são cada vez maiores!

Anónimo disse...

Em vias de extinção??? Não concordo, porque continuo a aguardar a versão do porquinho nº4!
ah, pois é!!!

Grandes barrigas, mas agora tás uma bela lasca!!!!

bjs

CMS

Nelson Aguiar disse...

Qual é o Prémio!?

Feridas disse...

Naqueriasmainada ó guloso!
Quais prémio, nem meio prémio...

Anónimo disse...

Essa ideia do porquinho nº4 agrada-me,até porque faz-me lembrar uma mariscada.eh eh
Tó Xarau.

Anónimo disse...

Linda!!!!!
AM

J. disse...

Adoro as tuas barrigas!!!!!
Lindas!!!
Li agora um mail que acho apropriado para este post...um cadinho grande mas apropriado à temática..
Cá está uma boa justificação.....

Há uns dias um cartaz mostrando uma jovem espectacular, na montra de um ginásio, dizia: "Este verão, queres ser sereia ou baleia?"

Dizem que uma mulher, cujas características físicas não interessam, respondeu à pergunta publicitária nestes termos:

«Estimados Senhores:
As baleias estão sempre rodeadas de amigos (golfinhos, leões-marinhos, humanos curiosos). Têm uma vida sexual muito activa, engravidam e têm baleiazinhas ternurentas, as quais amamentam.
Divertem-se à brava com os golfinhos, enchem a barriga de camarões, brincam e nadam, sulcando os mares, conhecendo lugares tão maravilhosos como a Patagónia, o mar de Barens ou os recifes de coral da Polinésia.
As baleias cantam muito bem e até gravam CDs. São impressionantes e praticamente não têm outros predadores além dos humanos. São queridas, defendidas e admiradas por quase toda a gente.

As sereias não existem. E, se existissem, fariam fila nas consultas dos psicanalistas, porque teriam um grave problema de personalidade, "mulher ou peixe?".
Não têm vida sexual, porque matam os homens que delas se aproximam - além disso, por onde? Por isso, também não têm filhos. São bonitas, é verdade, mas solitárias e tristes. Além disso, quem quereria aproximar-se de uma rapariga que cheira a peixaria?

Para mim está claro, preferiro ser baleia.

P.S.: Nesta época em que os meios de comunicação nos metem na cabeça a ideia de que apenas as magras são bonitas, prefiro disfrutar de um gelado com os meus filhos, de um bom jantar com um homem que me faça vibrar, de um café e bolos com os meus amigos.

Como já dizia a Mafaldinha, "com o tempo ganhamos peso, porque ao acumular tanta informação na cabeça, quando já não cabe, espalha se pelo resto do corpo. Por isso estamos um pouco mais fortes, mas somos tremendamente cultas".


Este último parágrafo é lindo!!!

Feridas disse...

Que giro, querida J!