quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Mais um objecto de decoração

que se agarrou a mim, numa loja, a implorar para vir para o 524 das Saramagas. Mais uma vez tentei ignorar, mas não deu! E cá está este painel de lata, no aparador junto à mesa das refeições, para nos lembrar, logo ao pequeno almoço, que a vida é para ser levada a dançar...mesmo que chova!
Não é demais?

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

SÁTIRA AOS PENTEADOS ALTOS DE NICOLAU TOLENTINO

Chaves na mão, melena desgrenhada,
Batendo o pé na casa, a mãe ordena
Que o furtado colchão, fofo e de pena,
A filha o ponha ali ou a criada.

A filha, moça esbelta e aperaltada,
Lhe diz coa doce voz que o ar serena:
- «Sumiu-se-lhe um colchão? É forte pena;
Olhe não fique a casa arruinada...»

- «Tu respondes assim? Tu zombas disto?
Tu cuidas que, por ter pai embarcado,
Já a mãe não tem mãos?»

E, dizendo isto,
Arremete-lhe à cara e ao penteado.
Eis senão quando (caso nunca visto!)
Sai-lhe o colchão de dentro do toucado!.





O que diria o nosso Nicolau dos penteados da primeira dama da República dos Camarões, Chantal Biya?
Bolas, são muitos camarões!

S. M. M.

O concerto de comemoração do 97º aniversário da Sociedade Musical Mindense foi de arromba!
Actuaram primeiro os Dixie, depois a Orquestra Xaral´s Band, depois a Orquestra Juvenil  e por fim a banda.
Todas as actuações foram fantásticas, mas não posso deixar de destacar a Orquestra Juvenil, que se estreou, muitíssimo bem. Feridas e Calos estiveram lá a babar-se para os seu rebentos, que  brilharam nos seus grandes instrumentos (os nossos não fazem por menos, cá flautinhas ou clarinetes... não, um toca bombardino e o outro toca bateria. Ambos têm instrumentos maiores que eles... quase).
E a banda, que foi brilhante! A sério, todos os mindricos têm muito orgulho na sua banda, mas os motivos de orgulho cada vez são maiores. A banda está fantástica, com um repertório cada vez mais complexo e bem executado.
Achei piada a uma coisa: o concerto finalizou com o hino da sociedade Musical Mindense, que é uma marchinha mesmo ao gosto dos anos 30, a verdadeira musica de "banda". Depois das seis peças que tinham tocado antes, aquela marchinha dava vontade de rir, pela sua simplicidade, uma coisinha quase naif. Lembro-me de o repertório da banda ser todo assim, umas marchinhas muito inocentes.
Hoje a nossa banda parece uma orquestra!
Os meus parabéns a toda a instituição e principalmente ao Maestro João Roque Gameiro, pelo trabalho notável que tem desenvolvido.

Made by Me


Desta vez foi a revista HAPPY Woman que se rendeu aos encantos da minha Princesa.




Desta vez não foi preciso ir fazer maquilhagem à Sephora. Fiquei com um ar um bocado escanzelado, um cabelo um bocado esquisito, mas, de resto, não está mal, pois não? ;-)

Malta da Playboy...não vos volto a falar nisto! Tenho a sexta-feira livre a as virilhas depiladas.
De certeza que não querem aproveitar?
Hehehehe

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

ESTÁ DE CHUVA... FELIZMENTE!

Depois do inverno passado quase sem água e de um verão também muito seco, finalmente está a chover a sério.
Espero que esta inverno chova sem parar durante dois ou três meses, para ver se a nossa mata enche, não a nossa terra não nos dá maior alegria.
Eu sei que quase toda a gente detesta a chuva, que ficamos todos deprimidos se não vemos o sol e é chato para secar a roupa, mas a água faz muita falta (pareço um velho agricultor a falar...).
Mas eu fico feliz quando chove.
Impressionam-me muito as imagens de seca, de desertos com ondas de calor a estremecer o ar e carcaças de vacas mortas de sede (não faço por menos...). Desculpem, é um bocado dramático, mas aflige-me. Não há vida sem água e a chuva faz mesmo falta.
Deixem lá agora a terra ensopar bem, para termos razão em pedir sol a partir de Abril.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

HOJE O JANTAR FOI...

Lesmas em manteiga com folhas:


Hamburgers de estrume:

Cérebros de ratazana achocolatados:

Todas as receitas feitas pela Minhadomeio e tiradas deste livro que lhe ofereceram nos anos:

Estava tudo delicioso!

Vintage e rural são as palavras de ordem desta nova cozinha que avança a olhos vistos. Optámos por um azul cocó que contrasta com um vermelhão. Bolas, riscas, xadrez e efeito rendas, vale tudo menos tirar olhos.

Não! Não esquecer...
que esta porta que parece um quadro de giz é óptima para colar post its.

 Que trabalheira, meu Deus! Tirar portas, tirar puxadores...
Não! Não te vou arrumar os tupperwares...
O contrato só incluí a decoração! Não me pagam para isto!


      Os meus melhores amigos:

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Mais uma aventura no mundo da remodelação e redecoração de interiores

O programa Querido Mudei o Alpendre está pendurado no estendal. Primeiro porque está a chover e segundo porque o macho dominante cá da casa quer ser ele a dar o seu contributo em algumas tarefas de bricolage mas, coitadinho!, tem andado com uma grande falta de disponibilidade.
Entretanto eis que surge um novo desafio que se chama:
 A cozinha da minha irmã não é nova, embora o seja nas suas mãos. Remonta aos longínquos anos 80 e, como se isso não bastasse, está desabitada há 3 anos.
É uma cozinha muito branca mas vai deixar de ser em dois tempos...






sábado, 20 de outubro de 2012

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Ok crucifiquem-me, mas tenho pena do Sr., o que é que querem?...


Vítor Gaspar não é alfacinha, não é filhinho de paizinho rico da linha, nasceu nas beiras. Não tem culpa da situação em que os nossos governantes dos últimos 20 anos colocaram o país, embora tivesse sempre ligado à Comissão Europeia, ao Banco Central Europeu e ao banco de Portugal. O Sr. tinha uma vida normal e uma performance sexual também normal, até ao convite de Passos Coelho para integrar o 19ª Governo Constitucional de Portugal.
Desde aí o Sr. perdeu a alegria, o sorriso, a capacidade de se divertir e beber uns copos, a função eréctil e perdeu ainda os amigos.  Não me atirem pedras mas...eu simpatizo com o Sr. e acho que ele é dos poucos hóspedes de S. Bento, das últimas décadas, que sabe bem a tabuada e domina com astúcia as equações da matemática.

Se concordo com as medidas que tem tomado? Claro que não! A maior parte delas. Mas, mesmo assim, não posso deixar de olhar para aquela expressão, de quem não dorme 2 horas seguidas durante a noite sem ter pesadelos com o orçamento de estado ou com as 1000 caricaturas suas que circulam pelas redes sociais, sem elevar os meus níveis de piedade.
Além disso, o maior defeito do Sr. é precisamente aquele que ninguém lhe aponta e muito poucos conhecem: é primo direito de Francisco Louçã.

É odiado por 10 milhões de pessoas, é um bode expiatório de todo um governo e de 2 partidos coligados, deixou de conseguir fazer o amor e vive neste momento uma grave crise conjugal, os seus filhos não lhe falam porque são gozados na escola, vai ficar para a história como o Salazarinho - o ministro da grande depressão, mas ok, tudo isto é suportável, mas ser primo do Louçã e ter de gramar com ele nos jantares de Natal lá nas beiras, isso é que não!
Não se escolhe a família, não é?...

HAPPINESS IS A FULL-TIME JOB!

É o que vem escrito numa das camisolas que a Minhadomeio comprou no dia da fúria das compras.
É verdade. Ser feliz, estar feliz, requer um esforço constante. Neste momento tenho para mim que se me distraio, desato logo a chorar, por isso quando sinto o pézinho a resvalar-me para a melancolia, carrego num dos meus botões de bom humor.
E perguntam vocês, o que é um botão de bom humor?
Depende.
Para mim é lembrar-me do sorriso de dentes muito tortos do Puto Charila.
Mas também pode ser lembrar-me do sabor de imperial com tremoços, ou do cheiro de morcela a assar quando tenho um copo de vinho na mão.
Enfim, cada um tem os seus botões de bom humor.
Há uns tempos li uma coisa um bocado estranha: o nosso cerebro reage aos estímulos físicos e não ao contrário. Ou seja, se andarmos a sorrir o cerebro acha que estamos bem dispostos e ficamos mesmo bem dispostos- (devo estar a explicar isto cometendo todos os erros possíveis da psicologia clínica, mas foi assim que o percebi). Até se dizia para fazer a seguinte experiencia: colocar um lápis atravessado na boca, o que faz a nossa expressão semelhante a um sorriso. Passado um bocado, o cerebro entende aquilo como um sorriso e põe-nos bem dispostos (!).
Já tentei. Não resulta muito bem, porque comecei a babar-me, que não é uma coisa que me ponha muito bem disposta...

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Mais um nome bom para afilhadas: Maria Virgelinda. Safa!

Tá boa!

Curiosa teoria económica anunciada nos Estados Unidos. O tipo chama-se Marc
Faber. É analista e empresário. Em Junho de 2008, quando a Administração
Bush estudava o lançamento de um projecto de ajuda à economia americana,
Marc Faber escrevia na sua crónica mensal um comentário com muito humor:

"O Governo Federal está a estudar conceder a cada um de nós a soma de 600,00
$. Se gastamos esse dinheiro no Walt-Mart, esse dinheiro vai para a China.
Se gastamos o dinheiro em gasolina, vai para os árabes. Se compramos um
computador o dinheiro vai para a India. Se compramos frutas, irá para o
México, Honduras ou Guatemala. Se compramos um bom carro, o dinheiro irá
para a Alemanha ou Japão. Se compramos bagatelas, vai para Taiwan, e nem um
centavo desse dinheiro ajudará a economia americana. O único meio de
manter esse dinheiro nos USA é gastando-o com putas ou cerveja, considerando
que são os únicos bens realmente produzidos aqui. Eu já estou a fazer a
minha parte..."

RESPOSTA DE UM ECONOMISTA PORTUGUÊS IGUALMENTE DE BOM HUMOR:

"Estimado Marc: Realmente a situação dos americanos é cada vez pior.
Lamento no entanto informá-lo que a cervejeira Budweiser foi recentemente
comprada pela brasileira AmBev. Portanto ficam somente as putas. Agora, se
elas (as putas), decidirem mandar o seu dinheiro para os seus filhos, ele
viria directamente para a Assembleia da República de Portugal aqui em
Lisboa, onde existe a maior concentração de filhos da puta do mundo".

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

COMPRAS À BRUTA!

Já há algumas semanas que tinha dois filhos a zunir-me aos ouvidos "já só tenho duas calças, e estão sempre umas para lavar", "não tenho nada para vestir", "vai começar o frio e só tenho calções". A cereja no topo do bolo foi a minhadomeio ter feito uma limpeza ao gurda fatos para tirar tudo o que não lhe servia: só ficou uma imagem deprimente de umas bolinhas de cotão no fundo da gaveta e uns cabides a abanar. Acho que até consegui ouvir o queixume de uma traça, desorientada, porque lhe tinham demolido o bairro inteiro.
Pronto, teve que ser. Ontem carreguei esses dois filhos no carro (enquanto a Calos me dava jantar ao terceiro) e lá fomos para o maravilhoso mundo das compras.
GASTEI UMA PIPA DE MASSA!
Mas vim cheia de calças skinny fit, camisolas com ou sem ombros, jeaggings, t-shirts maiores e mais pequenas.

Não se iludam, não comprei nada na Dior nem na Roberto Cavalli. Esta foi só uma imagem que pedi emprestada ao senhor do google.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

A inveja feminina


Toda a gente sabe que as mulheres são umas grandes invejosas. Não podem ver nada noutra mulher que não cobicem e se o objecto fruto de desejo for ostentado por uma amiga, pior ainda! Eu, como mulher, do mais gaja que pode haver, que sou, não fujo à regra e também não posso ver nada em ninguém que não me comecem logo as hormonas a fervilhar. Foi o que aconteceu na semana passada na piscina. Lá andava eu a fazer piscinas (poucas!) e sempre com o pensamento no esforço que fazia e nas 2 gramas de celulite que perdia em cada 100 metros de crawl, quando reparo na expressão de felicidade e descontracção da minha amiga Gina. Ela nadava sem esforço, com um sorriso nos lábios, pode dizer-se mesmo com um prazer declarado. Quando parámos eu percebi porquê. O segredo da boa disposição chama-se Zipy Go Swimming e é, nem mais nem menos que, um MP3 que permite ouvir musica dentro de água. Esqueci completamente o 10º mandamento da Lei de Deus e parti para a cobiça do alheio imediatamente. Cobicei mesmo muito. Cobicei de tal ordem que percorri Seca e Meca à procura de uma geringonça daquelas. Só encontrei na FNAC do Colombo e, 4 dias, 200 kms e 59,00€ depois o Zipy Go Swimming já cá canta e vai fazer um figurão, amanhã, na piscina.
Não é lindo o maravilhosos mundo das gajas?...

PS - Ali o surfista não está incluído.
;-)

BARCELONA - III

VÁRIOS
 






Rasta cão

E O ORÇAMENTO, AHN, E O ORÇAMENTO?...

Tenho estado a assobiar para o ar a ver se não presto muita atenção a esta história do orçamento. Tudo isto me deprime, estou todo o dia a ouvir falar da crise e a ouvir pessoas a queixar-se. Não me apetece pensar nisto.
Mas as noticias de hoje assustaram-me. Não dá para ficar indiferente. Começaram os confrontos com a polícia. Os analistas fiscais falam em napalm fiscal, em bomba atómica fiscal.
Onde é que isto vai parar?
O que vai ser deste país?

BARCELONA-II

MERCADO LA BOQUERIA
 





BARCELONA-I

GAUDÍ

 


Sagrada Família
 
Sagrada Família