sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Lixado, lixado, para não dizer pior...

...é estar completamente afonica em vesperas de estreia de teatro. Antibiótico, anti-inflamatório, pastilhas para a garganta de vários tipos, mel, gengibre, chá de casca de cebola, tudo! Só me falta este: perpétuas roxas!
Se não resultar vai um malhão de aguardente, que pode não resultar mas pelo menos alivia a tensão.

domingo, 20 de novembro de 2016

A minha Vi

Quis que eu a ensinasse a fazer coisas no Corel Draw. Dois minutos de lição e já se desenrasca. A curiosidade e vontade de aprender desta miúda é imparável. Até me cansa...
Xiça fanico!...

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Vamos abrir a nossa Pop Up Store

Gosto do termo Pop Up Store, lembra-me a explosão de uma pipoca, o que é bom.
Estamos prontos e vamos abrir dentro de algumas horas.




terça-feira, 15 de novembro de 2016

Princess Pea's Pop Up Store

É só para dizer que eu sou perita em arranjar "lenha para me queimar", "sarna para me coçar", "areia para a minha camionete". Quando não tenho nada para fazer invento e, quando tenho muito que fazer, invento também. Se não gosto de estar sem fazer nada?!...Assim...inerte, com o cérebro quase em inactividade?!...Ao serão, no sofá, por exemplo?!...Claro que gosto, mão não consigo! :-(


segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Obrigatório ver!

Mesmo! Na minha opinião, um sério candidato aos Oscars.
Capitão fantástico com esse senhor que responde por Viggo Mortensen.


quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Obrigar peixes a trepar a árvores

Tenho sempre um grande dilema dentro de mim relativamente ao meu papel de mãe: por um lado acho que devo exigir dos meus filhos, proporcionar-lhes aprendizagens e experiências, transmitir-lhes que o rigor, o esforço e a dedicação são necessários para atingirmos os nossos objectivos e sobretudo dou-lhes motivação, fazendo-os acreditar que são capazes; mas por outro lado tenho sempre uma vós que ouço cá de dentro que me diz que eles não são "operários altamente mecanizados", que ser muito bom a matemática, a história, a geografia, a inglês, a francês, a ciências, a físico-química, a formação musical, no futebol, no trompete, não é normal, porque as minhas crianças não são robots, são só crianças.
Tenho sérias duvidas se, entre uma agenda tão preenchida com tantas horas a lutar para aprender tudo aquilo que o sistema tem para lhes ensinar, lhes sobra tempo para se revelarem, para manifestarem as suas mais-valias, para mostrarem naquilo em são mesmo bons e fazerem aquilo que realmente os faz felizes...
Será legítimo obrigar um peixe a trepar uma árvore?...


sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Nobel a Dylan

Não se fala noutra coisa que é no Nobel da literatura atribuído a Bob Dylan. Pensei em dar aqui a minha opinião mas depois realizei que a minha opinião não passa disso mesmo e não interessa a ninguém. Depois porém dei-me conta que este espaço é meu e existe para isso mesmo, para que eu possa dizer o que me vai na alma, portanto cá vai:
Acho muito bem! Independente de se gostar ao não, o homem é um poeta. É um poeta que canta os seus poemas, acabou! Qual é a dúvida? Agora se, como poeta, ele merece o Nobel, isso é outra discussão e é uma discussão que aparece sempre que um Nobel é atribuído, seja em que área for.

Gostei desta que ouvi na rádio:
"A musica entrou no mundo dos Nobel com pezinhos Dylan"
:-)

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

"Winter is coming"


Sabes quando andas viciado numa série? Assim mesmo viciado que a todo o instante tens de fazer uma luta interior para não aceder ao Mr. Piracy a meio do horário de trabalho?... Assim tão viciado que aproveitas todos os minutos para ver mais uma cena, no WC, ao almoço, até às tantas da madrugada?...Tão viciado, mas tão viciado que quando a net está fraca e a série começa a soluçar, tudo pára nesta casa e tudo vai fazer palavras cruzadas para deixar a net livro só para mim, senão é bem provável que haja sangue a escorrer pelas paredes?...Tão viciado que dizes coisas sem nexo como "- You Know nothing Jon Snow!" sem motivo, porque o Jon Snow não está aqui para te ouvir!?...Tão mas tão viciado que dás contigo na net à procura de merchandising, de vídeos de making off de cenas, de calhandrices sobre a vida privada dos actores, de informação, mais, mais informação!?....
Sabes!? Pois eu não sabia, mas agora já sei!..
Estou adicta da GUERRA dos TRONOS!!!!!!!!!! AAAAHHHhhhhhhh!.............Porque é que eu sou tão GEEK?!!!!!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

É p'ro menino e p'ra menina


Se há coisa que eu gosto no meu trabalho é desenvolver novos produtos. Inventar o corte, escolher ilustrações, fazer o molde, pensar como deverá ser feita a costura da coisa, com ilhóses, sem ilhóses...
Por mim não haviam facturas, fornecedores, contas correntes de clientes, contas de bancos, ficheiros saft's, só havia isto...inventar, criar...

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

O nosso Musical 2016

O nosso musical de natal já mexe. Este ano não nos juntámos em brainstorming para inventar a história porque o William Steig já fez esse trabalho por nós. Este ano vamos fazer o Shrek! Vamos chamar-lhe "O Ogre", por causa dos direitos de autor, mas a história será o Shrek, sem tirar nem por. Como é obvio é uma peça de loucos no que respeita a cenários, adereços e guarda-roupa e isso significa que iremos trabalhar de dia e de noite, em contra-relógio, sob-stress, etc...mas não é disso mesmo que a gente gosta? :-)
Já comecei a trabalhar com o entusiasmo habitual e prometo partilhar aqui o decorrer dos trabalhos. Se por um lado pode estragar um pouco a surpresa de alguns no dia do espectáculo, também pode "espicaçar" curiosidade de outros e levá-los ao teatro ;-)
Hoje comecei a maior empreitada de todas para mim: o dragão, ou melhor, a Dragoa!


A empreitada em números: 2 horas, 3 placas de esponja, 1/2 tubo de cola de contacto, 3 kg de cola e tinta de marcador nos dedos, 1/2 embalagem de CIF para tirar a cola e a tinta de marcador dos dedos.
A coisa promete...e além disso todos nós sabemos que ogres são como cebolas, cebolas têm camadas, ogres têm camadas...

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Donald Trump by Jaime Aguiar

O meu Jaime tem piada e como tal, volta e meia, sai-se com umas que dão cabo de mim. É o caso desta que não sei se inventou ou se leu em qualquer lado:

Diz um teenager americano em 2016:
- Só espero que o Trump não ganhe as eleições!

Em 2017:
- Não, ele não teria coragem...

Em 2018:
- Só espero que o meu distrito ganhe os jogos...

LLLLoooooLLLLL
(Quem não percebeu, pode perguntar, que eu explico)

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

A apanha da cebola

Se eu fosse mais assídua aqui neste estaminé já vos tinha dito que tenho uma horta no Covão do Coelho (terra fértil e boa!) em conjunto com a minha irmã e o meu pai. Desde o inicio da Primavera que por lá passamos, volta e meia, a plantar, a limpar as ervas, a beber 2 minis no café do totoloto. Logo de início decidimos por cebolo que é uma coisa que cresce muito e quase sem água. Como somos uns desnaturados e uns raios de uns inexperientes e preguiçosos nunca instalámos um sistema de rega na horta. O Verão foi quentíssimo e seco, de maneira que a nossa horta não deu grande coisa. Os nossos planos de ir vender para o MARL saíram furados, mas mesmo assim a cebola cresceu à bruta. Ontem de manhã foi o dia da apanha :-)
Agora podemos fazer refogados como se não houvesse amanhã!!! Refogar!...Refogar!...Estrugir!!!
Já vos disse que adoro a vida do campo?



 

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

As fotos da dita cuja

Pronto! Não há dúvida! Uma piscina é sempre uma piscina e faz mesmo as delicias de crianças e graúdos. Calem-se as más línguas que dizem: "Ah e tal...é bom é em casa dos outros!...E só temos 4 meses de verão...e a despesa!...e os miúdos crescem e depois?" - Depois o quê? Hã?! Depois o quê? Crescem e deixam de vir a casa da mãe? É isso? E a mãe não pode tomar banho com as amigas? De touca e rolos? E os netos? Não vou ter netos, é?! Essa agora!...
Deixe-mo-nos de merdas! É mesmo bom!

Depois de pedir um orçamento a uma empresa daquelas que faz tudo e de ficar com os cabelos em pé, segui o conselho do amigo Miguel: fiz eu própria a gestão da construção da piscina, eu, passinho a passinho. Comprei os materiais (cimento, ferro, bloco, areia...) sob orientação do pedreiro a quem paguei à hora, comprei os acessórios técnicos (skimmer, ralo de fundo, injectores,...), falei ao canalizador, ao electricista, enfim...tudo! No final ficou quase 3 vezes menos que o orçamento que me tinham dado e, ainda por cima, estou uma perita em piscinas! :-)

De modo que isto cá em casa agora é banhos de manhã, banhos de tarde, banhos de noite, banhos com 40º à sombra, banhos com mini na mão!

Agora chega de conversa que uma imagem vale mais que mil palavras.

Nota: a dita cuja parece maior nas fotos. Tem uns escassos 5,5X3,80 mts e não podemos mergulhar muito à vontade senão podemos bater com a cabeça no outro lado ou ir parar à mata, mas que importa?!....












quarta-feira, 27 de julho de 2016

Há uma linha que separa a nossa vida pré-piscina e a nossa vida pós-piscina...

... e essa linha foi hoje :-)
Desde as 8 da manhã que nesta casa se mergulha, de refresca, de vai a banhos.
Ficou pequena, low cost, mas muito, muito gira.
Já ponho umas fotos.

(...de qualquer forma já não deve vir aqui ninguém mesmo...portanto estou a falar só para mim e para o meu diário que um dia, quem sabe, ira servir para qualquer coisa para a posteridade ou assim...ainda por cima a bosta do meu telemóvel não permite "postar" aqui no blog através da aplicação)

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Este fim de semana...

...a começar na quinta, fui ver o concerto da orquestra do agrupamento de escolas de Alcanena, em que o Meumainovo brilha na percussão e adorei o concerto, mas apanhei uma seca das antigas porque era a sessão comemorativa dos 50 anos da Escola Secundária de Alcanena e eu não sabia. Não houve gato nem cão que não tivesse direito a um trofeu e a botar faladura. E eu que nem fiquei sentada à ponta de uma fila para poder sair de mansinho...
Na sexta fiz jantar para 15 e fui ao Jazzminde. Foi bom, mas longe vai o tempo das sextas feiras míticas do Jazz.
No sábado cortei uma pernada de uma árvore com 20 anos - é contra os meus princípios, mas era precisa para o novo oratório da sede dos escuteiros. A árvore tem 20 anos porque foi plantada quando nasceu o Meumaivelho. Nada temam, a árvore não vai morrer com a falta da pernada.
À noite, apesar de estar com uma rabijice de bebé que não dormiu a sesta, fui outra vez ao Jazz. A compensar a noite de sexta, a de sábado foi memorável. Se calhar a melhor de sempre... não, de certeza a melhor de sempre!
No domingo dormi até às 11,30h! Nem queria acreditar, pensei que o relógio tivesse parado nas 11,30 da noite anterior. Fiz favas para o almoço (e bem boas!) e à tarde fui passear para a feira quinhentista de Torres Novas com toda a família (coisa rara, já não é todos os dias que consigo reunir toda a gente).
E hoje faz 20 anos que sou mãe...

segunda-feira, 30 de maio de 2016

IKEA QUE DESILUSÃO...



O Ikea partiu-me o coração ao verificar que deixaram de usar pratos de loiça e talheres de metal no restaurante e passaram a usar pratos e talheres descartáveis.
Tá mal!...
Imaginem os milhares de pratos e talheres de plástico que vão para o lixo todos os dias....
Então e a ecologia, senhores suecos?
O detergente da loiça dá-vos cabo das unhas?
Usem uma luvas...
Bolas, não havia necessidade.
Nem as almondegas dos porcos altos e loiros me souberam ao mesmo...

Ela é linda com make up

Quem é que se lembra disto?
Pois...já lá vão dois anos e meio.
Com algumas plásticas, uns botox, e muita maquilhagem, uma das relíquias do meu quintal regressa a casa para uma nova vida. Este clássico da Citroen era muito utilizada em França como carrinha de serviço de restaurantes e mercearias, etc, e em Portugal houve umas quantas bibliotecas itinerantes nestas vans. Alguém se lembra? Eu não, claro, sou novíssima!...
Quando o meu Aguiar comprou esta coisa, confesso, engelhei o nariz - "...eu a precisar tanto de um carrinho novo, e este gajo vem-me cá com clássicos!..." , mas agora, é a menina dos meus olhos.
Este fim de semana já se vai estrear a vender "Pregos em bolo do caco" na cidade do Porto.






Ah! É verdade! Importa ainda referir que esta relíquia anda pelo seu próprio pé, tem matricula, inspecção e garantia de motor de 2 anos. Não é incrível?

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Estamos todos contentinhos não é?!...

O SLB foi campeão..., é sexta feira..., já temos sol..., e estamos todos contentinhos, não é?!...
Então tomem lá esta para por tudo a chorar!
(Sim, sou má e depois? Ficam sabendo que as más são muito mais sexys!)

http://edition.cnn.com/videos/living/2016/01/31/mom-hears-son-heartbeat-after-death-orig-vstan-dlewis.cnn?sr=fbCNN020116momheartbeat2pVODVideo

terça-feira, 17 de maio de 2016

Vamos comprar um poeta


Afonso Cruz é um génio, é um facto, e como tal, nas sua obras, camuflada na mais singela simplicidade, conseguimos vislumbrar a sua grandiosidade.
Vamos comprar um poeta é o seu novo livro. Lê-se de um trago, poucas páginas, letras grandes, mas é um bom exemplo de como um livro que diz tão pouco, consegue dizer tanto. O livro é uma sátira à sociedade para a qual caminhamos e na qual nos ameaçamos tornar, onde só os números importam, as estatísticas, os lucros, em desvalorização das emoções, da cultura, da beleza, das artes.
E não digo mais nada! Vão ler! Que a vida não é só futebol, Jorges jesus e Rui Vitórias!...

domingo, 15 de maio de 2016

Afinal...não foram "peaners"!...

Não me interessa minimamente o campeonato nacional de futebol. Estou-me perfeitamente borrifando para o Benfica e para o Sporting. Os pontos de cada um não me tiram o sono e os jogos de hoje interessaram-me de tal forma que, às 17 horas em ponto, estava eu a plantar tomateiros e feijão verde na minha horta biológica. Mas há algo que mexe comigo, mexe com o meu sistema nervoso, e não é para o bom...o Jorge jesus. Esta criatura consegue reunir, num só ser, 2 combinações explosivas no que a "personalidades extremamente cromas" diz respeito: é uma besta, estúpido que nem um pneu, tem uma boca que se assemelha brutalmente a uma sanita entupida e como se isto não bastasse ainda consegue ser dono e senhor de uma auto-estima, uma chique-espertisse,  um ego do tamanho do mundo (o Guedes diria que a humildade é coisa que não o assiste).
Isto não é de agora, a criatura sempre foi execrável, mas parece que o Bruno de Carvalho conseguiu realçar o que o senhor tem de pior. Portanto, resumindo e abreviando, o titulo está bem entregue nem que seja, e só por isso, para o Jorginho enfiar uma rolha onde mais lhes aprouver.


Faça-se uma Bíblia com as citações deste senhor! Já!

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Chernobyl e o meu Jaime

Sabemos que estamos no bom caminho e a fazer um bom trabalho enquanto pais quando, a determinada altura na vida, são eles que nos ensinam e não ao contrário. A primeira vez que senti isso foi em relação ao tema "Chernobyl", excepção feita ao tema "música", obviamente, no qual qualquer um dos 3 me dá um bailinho. Eu achava que sabia tudo o que havia para saber sobre "Chernobyl" até falar no assunto com o meu filho Jaime. As coisas que ele sabia sobre o assunto, os pormenores, deixaram-me boquiaberta.
"- Mas porque diabo sabes tu isto tudo?"
Sabe porque é curioso e vê vídeos na net, pesquisa, lê, sei lá, sabe! O raio do puto!...
E não, ele não teve de fazer nenhum trabalho para a escola sobre isso. O processo deu-se ao contrário: fez um trabalho para a escola sobre Chernobyl porque era preciso falar sobre um tema na aula de português durante 5 minutos e ele escolheu "Chernobyl" porque era um tema que dominava.

Eu adoro comprar (lhe) livros, vocês sabem, porque ele os valoriza, e quando vi este, foi-me completamente impossível resistir.




Um livro que assinala os 30 anos do acontecimento, em BD, contando a história de personagens fictícias, mas que poderiam perfeitamente ser reais, no dia do acidente, antes e depois. Absolutamente espectacular!

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Parabéns ao papá!

video

O mais volumoso da casa fez anos (vinte e picos, acho eu...) e teve direito a uns parabéns interpretados pelos seus filhotes.
Vá...não está perfeito, mas mesmo assim é um orgulho vê-los a tocar tão mal! :-)

PS - Chamo a vossa atenção para o bolo de aniversário, ou melhor, o MilKa gigante de aniversário.

AC/DC em Lisboa



Não me estava mesmo nada a apetecer quando ontem deixei o conforto da minha casa, com os meus filhos às costas, e rumei a Lisboa para o concerto dos AC/DC, mas nada, mesmo nada, me fazia prever o dia horrível que iniciara. Chegámos ao recinto por volta das 12:15 e ainda antes das 12:20 estávamos encharcados até aos ossos. Roupa, calçado, cabelo, tudo pingava.
O recinto era todo ele uma poça de água gigante e as "barracas" do Sr.Showriço eram piscinas olímpicas. Nunca antes, em 15 anos de festivais, tínhamos tido uma barraca anfíbia, uma hidro-barraca, umas instalações tipo "embarcação". Às 13:30 estava na Decathlon a comprar botins, capas para a chuva, meias, calças de fato de treino, mas de nada valeu, pois o conforto da peúga seca não durava mais que uns escassos minutos. E foi isto, o dia todo...

O concerto foi espectacular (valha-nos isso!) se bem que um tanto ou quanto...vá...insólito!
Só os mais aventureiros (e mais "estupefacientados") é que se atreviam a saltar, porque um salto mal dado podia significar um mergulho na lama e salpicava tudo num raios de vários metros. Tínhamos portanto, saltos e danças moderados. No palco, não chovia e o Sr. Young (que de young já tem pouco) lá deu o seu show de guitarra. O mais insólito foi a substituição de Brian Johnson por um Axl Rose de pé partido, sempre sentado e a abanar a perna boa (claro!) e a cabeça. No mínimo estranho...mas único, sem duvida!


Eu e as minhas crianças ainda estamos a desumidificar....

No dia seguinte o pai das crianças fazia anos (o próprio Sr. Showriço, para os amigos) e comemorámos com um merecido almoço no Mercado da Ribeira que terminou em beleza com estes eclaires do L'Eclair, what else?!...


segunda-feira, 18 de abril de 2016

Nós, no Agora Nós!


video

Sim, já sei, estou gorda, pareço mais velha, tenho carradas de base, os olhos demasiado pintados, etc... e tal, mas haviam de me ver ao sábado de manhã, de calças de fato treino, mola no cabelo, chinelas, sem maquilhagem...imaginam!?...Aqui estou uma princesa! Essa é que é essa!

Os miúdos adoraram e foi mesmo um dia em cheio. Faltar à escola para ir à televisão, depois jantar na Portugália (a verdadeira e original) e depois ao serão, STOMP no CCB.
The perfect day ;-)

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Vocês nem imaginam o mail que acabei de receber...

Passo a citar:

"Bom dia, Catarina Almeida

Estou a escrever-lhe do programa “Agora Nós” da RTP1, programa das tardes apresentado por Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos, a propósito do seu projecto “Happy Wife, Happy Life”.

Gostaríamos de a convidar a vir ao programa falar deste seu projecto, o que está na sua origem, o que a inspira ou como idealiza os cartoons. Teria disponibilidade para vir ao programa?

Aguardo uma resposta, através de mail, telefone ou do meu contacto mais directo.

Muito obrigado,
Vítor Dinis
Agora Nós"

YYYYeeeeeeeehhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 30 de março de 2016

E cá está! :-)


Happy Wife Happy Life no P3 d'O Público

A WIFE no P3

Hoje recebi um e-mail do P3 e sugerir uma publicação no mesmo de uma reportagem sobre a "Happy Wife, Happy Live", bem como uma selecção de cartoons.
Para quem não conhece o P3 é uma versão do jornal O Público, on-line, e que segundo eles próprios:

"...é um site de informação de forte componente multimédia e com um espírito colaborativo. Produzido por e para um público jovem, resulta de um consórcio inédito entre o Público, a Universidade do Porto e o INESC Porto. Não queremos estar sozinhos na redacção. Queres mostrar as tuas últimas ilustrações ou o vídeo daquele concerto em que fizeste "crowdsurfing"? Publica no P3.

Olhamos para tudo com curiosidade e um espírito inquiridor. Queremos ser surpreendidos e surpreender, dar informação credível e relevante.

Derrubamos a barreira entre o emissor e o receptor e partimos à descoberta de novas formas de contar histórias. O vídeo, a fotografia, o som, a infografia são meios de comunicação tão importantes quanto o texto. Nas redes sociais não somos agentes passivos: queremos realmente saber o que tens para nos dizer."


Calculo que imaginem a minha emoção e o meu entusiasmo. Fiquei em estado de choque e só me passou com um belo de um prato de "rancho" e um copinho dele. A WIFE no P3...nos próximos dias,...nem dá para acreditar... 

Depois, à pala desta grande responsabilidade que me caiu no colo, estou a fazer cartoons até às tantas da manhã, com as pálpebras a pender e uma dor no braço, que a minha secretária e cadeira aqui de casa não primam pela ergonomia. 
Enfim, estivesse eu a dobrar meias....

segunda-feira, 21 de março de 2016

Mini-maratona da Ponte 25 de Abril 2016


Não sou atleta, nem nada que se pareça, mas há coisa de 2 semanas o meu amigo H. lançou-me o desafio para irmos correr a mini maratona da ponte. Parece que o ambiente é divertido, e a experiência vale pelo convívio. Ok, como "ambientes divertidos" é o meu nome do meio, aceitei! Se não fosse a correr, ia a andar, mas pelo sim pelo não, comecei a fazer umas corridinhas. Não gosto particularmente de correr, muito menos na passadeira, mas as roupinhas de corrida e as sapatilhas são giríssimos :-)
Corri umas 5 ou 6 vezes e o meu máximo foi uns 5 kms, talvez...
Para a corrida da ponte o meu objectivo era, pelo menos atravessar a ponte a correr, e se conseguisse fazer toda a prova sem parar de correr, era mesmo brutal!!! E não é que consegui mesmo?!...
Passar a ponte foi fácil, na boa!, depois era a descer, pacifico! e no fim da ponte começamos a ter o apoio dos populares que vão encorajando os atletas e palcos com música para animar a malta. A Batmom, com a sua capa preta foi bastante motivada por todos :-)
Quando cortei a meta, o cronómetro da mesma ditava 1 hora e dois minutos. Confesso que até me vieram as lágrimas aos olhos...
O cronómetro do amigo H. marcava menos tempo, porque ao toque da partida não se consegue correr logo e além disso, estávamos bem atrás da linha da partida.
Eu tenho noção que 7 kms e tal é uma treta, mas para mim foi mesmo bom!
Foram 7,85 km que a Batmom correu enquanto combatia o mal e a corrupção.
Depois combateu um Magnum, um Pastel de Belém, Sushi para o almoço, um Sundae do MacDonalds, e uma pizza ao jantar, sem qualquer réstia de remorso, que quem não é para comer, não é para combater o mal!...
Para o ano, vamos armados em valentões como a P.V., e corremos a meia maratona! Que dizes H.?...

sábado, 19 de março de 2016

quarta-feira, 16 de março de 2016

18 # - HWHL - Os meus Cartoons

Eu adoro cartoons, vocês sabem. Adoro ler cartoons e também adoro fazer cartoons.
As várias situações que vou vivendo no dia a dia, principalmente em família, levam-me imediatamente a imaginar um cartoon, acontece é que o tempo não é muito e os cartoons surgem a um ritmo que não é o ideal. Mesmo assim a pagina do facebook da minha Happy Wife Happy Life já conta com 3500 LIKES. Não é facil, mas certas situações ajudam. Querem saber uma história?

Na semana passada deparei-me com uma dificuldade relacionada com questões técnicas do facebook. Na esperança de obter ajuda enviei uma mensagem a um cartoonista de que gosto bastante, o Fernando, d' "As Crianças são muito infantis". Um pai de 4 filhos que põe em cartoons as conversas que têm no caminho da escola, num pão de forma imaginário. O homem tem mais de 20.000 likes na pagina e até já foi ao "5 para a meia noite" e é amigo do "Criada malcriada" e da "Cavaca para presidenta". Como é óbvio eu não o conhecia de lado nenhum e, sinceramente, nem tinha grande esperança que me respondesse.
Respondeu! Passamos a tarde em troca de mensagens. Passámos 2 ou 3 dias em converseta via facebook. Soube inclusive que eu ia fazer uma mamografia e que estava acagaçada (Jesus Cat! As coisas que tu dizes a desconhecidos!), mas a piada é mesmo essa, quando a empatia nos leva a falar como se fossemos amigos há séculos. Ele adorou a HWHL e partilhou na sua pagina do face. Resultado mais uns 1500 likes e mais uns quantos mortais que ficaram a conhecer os meus cartoons.

Escrevo este post para vos pedir ideias. Como é que posso divulgar esta coisa mais e mais? Aceitam-se sugestões. Any help? Não se acanhem, por favor....

Merci!
Este cartoon é dedicado ao Fernando d"As crianças são muito infantis". Percebe-se porquê.

quinta-feira, 10 de março de 2016

...e agora algo completamente diferente:

Despachadinha que está a trilogia Millenium, que representa algo como 3 kg de livros, preciso de alguma dose de erudição.

Um livro, no mínimo, diferente.

quarta-feira, 9 de março de 2016

Pronto!

Inscrevi-me na mini-maratona da Ponte 25 de Abril. 
Sou mesmo influenciável, Meu Deus!!!
Agora sempre quero ver como é que descalço esta bota...
Crazy me! Crazy me!!!!! 

terça-feira, 8 de março de 2016

Fim de semana Star Wars


Estava farta de não saber quem era Obi Wan Kanobi e Han Solo. De não saber o que era a Estrela da Morte nem conhecer os rebuscados parentescos entre a Princesa Leia, Darth Vader e Luke Skywalker. Star Wars é daquelas coisas que, goste-se ou não, temos de saber do que se fala. É cultura geral. É do senso comum. No fundo é como os Beatles ou o Picasso: existe, é uma instituição, um conhecimento que não nos ocupa megabytes no disco rígido.
Resolvemos então empinar tudo de uma vez. No natal passado comprei toda a saga para oferecer ao meu Jaime, que é o fã dos grandes épicos e dos grandes clássicos, como a Marvel e afins, e o fim de semana passado estacionámos no sofá. Pagámos parquímetro para várias horas e, de acordo com o sábio conselho de Nuno Markl, seguimos a ordem cronológica da saga: começámos pelo episódio 4, seguimos para o 5 e 6. Depois, como a febre Star Wars já tinha tomado conta de nós, ainda vimos o 1º episódio da prequela, o episódio 1. Agora já ninguém me ensina nada, nem me apanha na curva com o tema Star Wars. Já não fico com cara de parva sem saber do que se fala. Vi, com estes olhos que a terra há-de comer o Vader a fazer a grande revelação a Luke - "I am your father!". Não é mito, é mesmo verdade! O cabrão é mesmo pai dele! E mais, às portas da morte, tem assim como que um rasgo de arrependimento e, num acto derradeiro de humanidade, salva o filho do terrível Imperador Palpatine! No próximo fim de semana vamos arrumar com os episódios 2 e 3 da saga e alugar no MEO o novo episódio VII.

Depois de banhados pela luz da Força a nossa vida nunca mais vai ser a mesma, e nunca os deixo de manhã na escola sem proferir, com olhar sério e profundo, o épico desejo "May the Force be with you!".

segunda-feira, 7 de março de 2016

O Enigma da Semana

Todas as semanas há um novo enigma para resolver no nosso quadro de ardósia. Enigmas que obrigam a pensar, a fazer contas, a estimular o raciocínio lógico. Todos podem responder e todos tentam a sua sorte: membros da família, visitas, amigos, e até os padres que cá estiveram em casa. O enigma surge à segunda feira e, até domingo à noite, as respostas são colocadas numa urna, fechada a cadeado. Na segunda, com o novo enigma, surge também a solução do anterior (só em posse da avó Bé), e apuramos o(s) vencedor(es). Os prémios são tão tentadores como chocolates Milka e euros que podem ser acumuláveis e convertíveis em prémios materiais de maior valor.
É divertido vê-los a fazer contas e mais contas, a conferenciar, a descobrir a solução...




O sucesso da iniciativa é tal que, partir desta semana, vamos começar a ter também um enigma infantil, para as visitas mais novinhas como as primas.
Se um dia derem todos em engenheiros e engenheiras, bem podem agradecer aqui à jóia...
:-)