quinta-feira, 31 de julho de 2014

Vamos ser padrinhos de uma criança em Moçambique?

Algumas vez pensou no dinheiro que gasta mal gasto? Dinheiro que gasta, sem pensar muito, em tabaco, inutilidades, roupa desnecessária. 
E se com esse dinheiro conseguisse mudar a vida e o futuro de alguém? Quando falo em mudar a vida quero mesmo dizer "mudar a vida" de alguém! Permitir que uma criança orfã e sem qualquer possibilidade de ser alguém na vida, com muita dificuldade até para se alimentar, possa frequentar a escola, alimentar-se e vir a ter uma profissão. 
E se pudesse saber exactamente quem é que esta a ajudar, saber o seu nome, saber como vão os seus progressos escolares, poder mesmo visitá-la... 
O que acha?

Expliquei isto tudo muito bem às minhas crianças, mostrei-lhes as fotos, e decidimos ser padrinhos de uma criança em Moçambique. Todos os meses, cada membro da família vai prescindir de algo que gostava de ter para "juntar" os 32€ para o nosso afilhado.

Também quer ser padrinho de uma criança em Moçambique?
Por pouco mais de 30 euros por mês financia-lhe a escola, a saúde e a alimentação diária, mudando a vida de uma criança para sempre.


Caríssimos, apresento-lhes: Os Padrinhos de Portugal

Este projecto arrancou em Novembro de 2002, depois de ter estado dois meses a trabalhar como voluntária na Cidade da Beira, em Moçambique, junto de crianças extremamente carenciadas. A vontade de fazer algo mais e com uma maior continuidade, levou a que surgisse a ideia de montar um semi-internato no Alto da Manga, um bairro localizado no mato, acerca de quinze quilómetros da Cidade da Beira.
Comecei por pedir a ajuda de um padre e de uma freira locais, que se responsabilizaram desde logo pela gestão do projecto no terreno, e iniciei então a selecção de dez crianças oriundas de famílias bastante desfavorecidas.
O projecto arrancou no principio com 10 crianças e 10 padrinhos portugueses, passando depois em 2003, dado o sucesso do primeiro ano, para 15 crianças. Ao longo dos anos o projecto foi crescendo, com cada vez mais e mais pessoas a mostrarem-se interessadas em ser  um Padrinho de Portugal. Daí em Fevereiro de 2008 ter ido passar um mês a Moçambique a seleccionar mais crianças e a montar uma estrutura maior.
A partir de Março de 2008, o projecto estendeu-se ao bairro da Praia Nova, na Cidade da Beira, com mais 270 crianças órfãs, e a Marracuene – nos arredores de Maputo – onde o projecto ajuda cerca de 300 crianças.





Crianças:
As crianças alvo deste projecto são todas aquelas que provenham de famílias muito
carenciadas, sendo na maioria das vezes órfãs de mãe ou de pai ou até dos dois, vivendo, nesse caso, com algum familiar.
São crianças com idades entre os 5 e os 12 anos, sendo preferencialmente o filho mais novo de cada família, para que possa começar a ser seguido desde pequeno, cultivando desde logo hábitos escolares.
As crianças após entrarem no projecto serão seguidas até terminarem a sua escolaridade e ingressarem no mercado de trabalho.






Objectivos:
Com este projecto o padrinho assegura as despesas de saúde, três  refeições diárias – pequeno- almoço, almoço e lanche -  e educação: livros, cadernos, lápis, canetas, matricula e farda. Para além destas três vertentes, o projecto também cobre despesas com ateliers de informática, trabalhos manuais, apoio escolar etc..., de forma a que as crianças aprendam também matérias práticas que lhes possibilitem vir a arranjar mais facilmente um emprego no futuro.


“Tudo aquilo que não se dá, perde-se”


Mais informações em:

 http://padrinhosdeportugal.blogs.sapo.pt/

 http://www.facebook.com/pages/Padrinhos-de-Portugal/110746255704848


 http://www.flickr.com/photos/57677543@N08/sets/


Quem me deu a conhecer este projecto foi a minha amiga Suzy, sempre atenta e solidária. 

Obrigada amiga!

terça-feira, 29 de julho de 2014

IKEA: ALIMPATE A ESTE GUARDANAPO

Ouvi hoje na rádio o anuncio do certame "Paços de Ferreira Capital do Móvel" e parti-me a rir.
Dizia qualquer coisa assim: quantas vezes já se arrependeu de ter comprado um móvel de montar, na altura de o montar? Livre-se dos livros de instruções e das dores nas costas. Pare de brinca às casinhas e venha a Paços de Ferreira ver moveis a sério.
ah, ah, ah! Impagável!!!

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Mensagem para a minha prima do Luxemburgo

Querida prima do Luxemburgo,
Aguardo ansiosamente a tua chegada pois tenho aqui em casa este objecto para ti.
Vem depressa porque, com esta coroa aqui na minha sala, toda a gente pensa que eu vou fazer 40 anos no próximo ano, o que, obviamente, é um absurdo.



sexta-feira, 25 de julho de 2014

...ainda a remodelação...

No post ali em baixo da remodelação do apartamento cometi uma enorme injustiça. O toque de Midas principal não foi meu nem do meu Aguiar, foi da muito querida Tânia Pedro. Ela sim, é que é a mulher das àreas, paredes, entradas de luz e afins...
Tem muita visão de jogo, boas tácticas e um craque novo na equopa chamado Guilherme! ;-)
Obrigada Tânia!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Dia Detox 3

O meu Detox de água, fruta e legumes continua de vento em popa, com excepção do pastel de nata ao pequeno almoço, arroz e hamburger ao almoço, uma mini ao fim da tarde e um prato de Cerelac antes de deitar. Cerelac com leite, obviamente!

ESTÁ TODA A GENTE DE FÉRIAS!...

Já me parece que sou a ultima desgraçada que ainda está a trabalhar e todo o resto do mundo já foi de férias!
Na próxima semana a minha família numerosa vais ficar reduzida a... eu.
Tirando o que já habitualmente está do estrangeiro, os restantes vão todos para a praia, só sobro eu, a dar comida ao gato e a regar o jardim e, claro, a ir trabalhar todos os dias.
E nestas alturas em que só se vê gente em calções e chinelos, pécequestãoagozarcumgajo, a mim só me começa a puxar o pézinho para a passeata.
Li uma crónica de viagens do Tiago Salazar ("Viagens Sentimentais") sobre o Sri Lanka.
Táva capaz d'ir lá ver aquilo...
O pior é que parece que são algumas 17 horas de avião, e à razão a que têm caído e sido desviados ultimamente, se calhar não é boa ideia.

Querido mudei o apartamento da Manuel da Maia



Não é só a Joana P. e o ilustrador João Rodrigues que fazem milagres e transformam bruxas feiosas em princesas, eu e o meu Aguiar também fizemos o milagre de transformar um casebre que comprámos, num apartamento bem jeitoso. Comprámos ao preço da uva mijona porque o apartamento é uma cave. Sim, uma cave que nas traseiras é um 1º andar, mas, para todos os efeitos, uma CAVE e, como tal, ao preço de CAVE ;-)
O prédio é robusto e, embora a casa não fosse mais atractiva que uma espelunca, o sítio é fabuloso. Foi amor à primeira vista.
Na Av. Manuel da Maia, em frente ao Técnico e junto à Alameda D. Afonso Henriques. As traseiras dão para a Guerra Junqueiro que é uma das minhas avenidas preferidas de Lisboa (Tem Zara Home minhas senhoras,...tem Zara Home..., a minha desgraceira!...).
Eu e o meu Aguiar conseguimos ver para além dos muitos corredores escuros e das paredes bordeaux e transformámos um T1+1 escuro e muito mal dividido num T-muitos luminoso e confortável, com 2 casas de banho e uma sala/cozinha bem espaçosa.
Fiquem com as fotos do milagre:







Depois do milagre:













Gostava de alugar 3 quartos a estudantes do Técnico, sendo que, (e porque já fui estudante...com tudo o que isso implica...) a renda inclui TV 120 canais + NET fibra, limpeza 1 vez por semana, àgua e luz. Os possíveis arrendatários terão de se portar à altura do palácio, sob pena de me dar uma vineta e desatar aos tiros, se algum dia lá chego e vejo tudo escavacado.
Tenho dito!

quarta-feira, 23 de julho de 2014

UUuuuuiiiiii...surpresa boa!


Surpresa boa do ilustrador João Rodrigues.
Talentoso, skater, surfista, divertido e...giraço! ;-)
Querem saber mais sobre ele e acompanhar o seu trabalho?

http://toinjoints.deviantart.com/

https://www.facebook.com/toinjoints

http://bjoao.blogspot.pt/



Dia Detox 2

Ontem continuei o meu Detox de água, fruta e legumes, com excepção de uma empada de galinha na área de serviço.

Constatações

Os Russos andam desorientados.
Os Ucranianos andam desorientados, tal como os Russos.
Os professores também andam desorientados, embora menos que os Russos e os Ucranianos.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Recepção Fnac


Gosto de vir aqui entregar mercadoria. O tempo de espera, que por vezes pode ser muito, é atenuado pelas conversas dos condutores dos veículos dos operadores logísticos que, aparentemente, se conhecem e se vão encontrando pelo vasto universo dos armazéns de distribuição das empresas.

-"...e o gajo da Rangel que já rebentou 3 vezes com o portão da Fed Ex!"
- "...e o da TDT que conseguiu espetar uma porrada no meu carro que era o único aqui no parque!..."
- "...não foi esse que pregou com uma palete de iogurtes do cais abaixo do Colombo?"
-"...e a gaja do El Corte Inglês?!...Boa!..."

(Por acaso é mesmo! E muito eficiente!)

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Dia Detox

Este fim de semana foi um abuso! Ele foi Lasanhas, ele foi vinho verde e sangria, ele foi doces até cair para o lado, ele foi fumar sem regra...
Acabou! Hoje resolvi fazer um dia DETOX. passei todo o dia a água, frutas e sumos de fruta, sopa e, claro!, sem fumar. Sim é possivel! Para bem era fazer outro dia Detox amanhã também.
Não custa nada. Come-se um disparate de fruta, que nesta altura do ano não é sacrificio nenhum: bananas (para entulhar), laranja, manga, cerejas, melão, meloa...comi disto tudo...2 sopas e H2O com fartura.
Neste momento sinto-me bastante desintoxicada e sinte até um ou outro ligeiro desarranjo intestinal, que nem sempre é mau.
Agora vou fazer uma sandes de presunto antes de me ir deitar...

Estou indecisa...

....entre vários modelos disponiveis no mercado.
A Electra é linda e tem acessórios muito fashion (Obrigada Ricardo!) mas caríssima...
Depois temos a Sport Zone, a Decathlon, o OLX...
Mais alguma sugestão?
Tem é de ser eléctrica, obviamente!, que eu moro nas Saramagas!





Sim, eu sei, estou sempre a inventar.
(o meu Aguiar diz o mesmo...)

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Violência doméstica

Ontem mais uma mulher morreu às mãos do seu companheiro. Aconteceu em Vila Real.
Foi morta à machadada. Para trás deixa 2 filhos menores, 33 anos de terror e um longo e vasto historial de queixas na GNR e APAV.

Mais uma...
Mais uma mulher que acabou morta, sozinha, sem qualquer apoio. Ela pediu ajuda, denunciou o caso, toda a gente sabia...mas mesmo assim aconteceu o inevitável. E mesmo que o final não fosse este quanto tempo se iria arrastar a situação?

Nestas alturas percebemos que temos um pais completamente ineficiente em certas coisas. Muitos obstáculos, muitas faltas de resposta, muita burocracia, muita lei...
Depois, quando o pior acontece, todo se indignam, "Afinal toda a gente sabia..."

Não estamos tão distantes como pensamos daqueles países fundamentalistas que apedrejam mulheres até à morte e obrigam crianças a casar...

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Estão a precisar dar um novo look...

...no quarto, na sala, no quarto das crianças, no escritório, etc?!....
Então vejam bem o que eu descobri:

Little Hands Illustration

Um projecto bem português de 2 caras lindas do Porto (uma arquitecta e outra fotografa), que faz papel de parede, posters, ilustrações, etc, personalizados.
Quer por a imagem do seu cão ao colo do seu avô na parede da sala?
Agora pode!
O meu preferido é o "Ballet Class" com umas coelhinhas a dançar ballet!
Já ando a ver cá em casa...enfim...onde...

segunda-feira, 14 de julho de 2014

JAPÃO 4

O menino chegou ontem quase à meia noite. Está bem, magrinho e com barba.
Tenho um filho com barba... estou velha...

Futebol...

...é um desporto com uma bola, 12 jogadores para cada lado e no fim...ganha a Alemanha.
Confirma-se!


sexta-feira, 11 de julho de 2014

JAPÃO 3

OS JAPONESES E A SUA ESTRANHA RELAÇÃO COM A COMIDA

É claro que no oriente se comem coisas estranhas. Na China comem cão, noutros sítios comem cobra, lagarto, formigas, gafanhotos. Coisas estranhas para nós (que mais valia estarmos calados, que comemos caracóis e uns estranho marisco chamado burrié...). O Japão não é excepção, comem coisas estranhas, como bolos de arroz revestidos por uma pasta de feijão, aquelas algas mal cheirosas que revestem o sushi, etc. Mas basicamente o que eles comem é arroz. De muitas e variadas formas, com forma de bonecos e corado de cor de rosa, mas muito, muito arroz. O meu filho diz que lá os sacos de arroz no supermercado têm, normalmente, 5kg, não há pacotes de 1kg. Além disso, a base de tudo é arroz cozido, pelo que a família coze grandes panelões de arroz que vão servir para fazer muitas coisas diferentes ao longo da semana.


Mas não é esse o ex libris do Japão...
Sim, é verdade, os japoneses comem comida crua. Peixe cru, carne crua, legumes crus.



E, claro, sushi, que não é mais do que um bolo de arroz (é o que a palavra sushi quer dizer), revestido ou não com alga, a que se juntou peixe ou legumes.

Mas pior do que comida crua, eles comem comida VIVA!!!!
(Tentei de muitas formas colocar aqui o testemunho da intensa relação do meu filho com um camarão vivo, sob a forma de um video feito pelo seu pai de acolhimento, mas não foi possível. Toda a gente sabe que eu sou uma info-excluida. Quem for amigo do meu filho, pode ver o video na sua página de facebook. Quem não for... olha, imaginem um rapaz de 18 anos a comer um camarão vivo.)

E outras fotos de comida, mais sossegada.




quinta-feira, 10 de julho de 2014

E pronto, esta no ar...

...mais uma edição do Festival Optimus (NOS!) Alive. Este ano o Showriço é tripartido. Querem ver?






Acontece que esta edição do festival não tem o charme do costume. Sabem porquê? Não está cá a Princess. Parece que ela está de relações cortadas com os Imagine Dragons.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

JAPÃO 2

OS JAPONESES E A SUA ESTRANHA RELAÇÃO COM AS FOTOGRAFIAS
Eu acho que os japoneses têm uma relação estranha com as fotografias.
Para já é esta mania das máquinas super giga hiper modernas, com lentes cada vez maiores e mais as de filmar, os telemóveis e o diabo. Acabam por ver o mundo através de uma janelinha.
Depois é o NÚMERO de fotografias que tiram. É constantemente, nunca se vê um japonês em lado nenhum que não esteja a disparar uma máquina.
E, por fiam, é esta mania de estarem sempre a fazer um V em todas as fotografias.
????
Nunca percebi o que aquilo quer dizer. Eles não conseguem posar para uma foto sem fazer o V.
Porquê? Para quê?
Já perguntei ao meu filho, mas ele não me soube explicar.
E aquilo é contagioso, porque o meu filho também já aparece em todas as fotografias a fazer o diabo do V!
 (uma foto de turma: estão todos a fazer o V)

(nem no Natal escapam)

Outra engraçada é esta mania das fotografias tiradas nas máquinas instantâneas e depois com o tratamento para fazer as pessoas parecerem bonecos!
Isto é uma tara nacional (juntamente com o Karaoke), TODA A GENTE tira fotos destas!




Quem é que quer...

...vir comigo a Londres ver os Monthy Pythons?

terça-feira, 8 de julho de 2014

Troika & Suzy

video

O amor e a amizade no 524 das Saramagas.
São mais amiguinhas que os meus filhos que passam o dia a brigar...heheheheh....

segunda-feira, 7 de julho de 2014

JAPÃO 1

Faltam só 6 dias (6 DIAS!!!!) para o Meumaivelho regressar da sua incrível experiência no Japão.
Por isso vou dedicar toda esta semana ao Japão e à sua cultura, principalmente as coisas que por cá são mais desconhecidas e que eu descobri com as histórias contadas pelo rapaz.
E hoje temos: bento. (diz-se ben-tô).
As escolas japonesas não costumam ter cantina, todas as crianças levam a sua lancheira de casa (a bento), preparada nessa manhã pelas mães - que se levantam de madrugada para lhes cozinhar os pequenos almoços e os almoços (e não devem ter mesmo mais nada para fazer, a avaliar pelas imagens que vos vos mostrar).
Estas imagens, claro, são tiradas do google, mas o meu filho diz que há mesmo meninos na sua escola (entenda-se que eles são considerados crianças até aos 21 anos) que levam lancheiras assim, ele tirou mesmo fotografias de algumas fantásticas.







(O rapaz vai ficar feliz quando regressar à cantina da escola...)