terça-feira, 5 de julho de 2011

Empreitada

Reparem bem na minha empreitada desta noite: milhões e milhões de miniaturas de lenços de escuteiros para eles enrolarem e venderem como porta-chaves.
Elsa, Mário, Adilia, Simão, Dulce e restante chefia, exijo, no mínimo, mas no mínimo, 3 minis e que cantem afinadinhos e em uníssono a "Flor da fragrância" só para mim, para eu recordar os velhos tempos da patrulha Raposa.

Miguinha, faltou fita para 9 lenços de explorador. Trás amanhã que a Vó Bé acaba....

2 comentários:

Feridas disse...

Já alguma vez te disse que te adoro? Já alguma vez te disse mesmo, mesmo, mesmo a sério? Tão a sério, tão a sério que parece que nunca mais me vou rir na vida? Já alguma vez te disse a olhar tão fundo nos teus olhos que parece que vou entrar dentro deles? Já? Pois se não disse digo agora e devia dizer-to todos os dias!
Querida, querida amiga, cada vez que te imagino horas e horas à máquina de costura até ficares com os olhinhos tortos só para me ajudares, apetece-me fazer arakiri de tanta amizade que te sinto!
OBRIGADA!
PS - Deixa as cabeleiras cá fora que eu ontem esqueci-me. Bom festival.

Kate Moch disse...

Devolvo tudinho e em dobro!...Minha jóia.