sábado, 16 de julho de 2011

Direitinha p'rá Caminha

Pronto! Já me recompus daquela má notícia de ontem á noite. Chorei um bocadinho e tudo, de raiva! (Como já vos disse sou mesmo muito chorona. E choro tão facilmente de tristeza, como de alegria, de emoção ou de raiva. O chorar tira as más energias de dentro de mim.) Pensei em coisas boas, nas coisas que quero fazer, em ideias para desenvolver e a raiva foi dando lugar à paz.

Mas o que tenho para vos contar é:
Mais um fim-de-semana, mais uma voltinha no carrossel e desta vez, o Sr. Showriço está, omnipotente, em 3 lugares ao mesmo tempo: Festival SuperBock SuperRock na praia do Meco, Festival Marés Vivas em Gaia e em Caminha, mesmo na fronteira com nuestros hermanos, a norte de Portugal, numa feira medieval.
Ontem percorri meio Portugal para cá chegar (e aproveito para dizer aos senhores da Moody's que podemos ser lixo, mas somos um lixo muitaaa compriiiido e que nunca mais acaaaaba!), mas o que encontrei fez-me gritar: "Jesus! Nossa Senhora! Que esta é uma das terras mais bonitas de Portugal!"
Toda a vila se situa à beira rio (rio Minho, claro está!) e na outra margem é Espanha.
(Lembram-se do "Padlinho"? Aquele que foi pai? Quando lhe disse que do outro lado era Espanha tive de me rir com a sua observação: "Poça! Espanha é bué da glande!")
A natureza foi generosa com esta vila, mas o Homem não ficou atrás. A arquitectura é fabulosa e uma feira medieval acenta-lhe como uma luva.
O Sr. Showriço também se adaptou ao ambiente e tem como vizinhança os crepes do Mimoso, que é como quem diz o Miguel.
Estas febras são padeiras medievais.
Carlos Alves, Vedor...oh! como elas estão giras!....
E na feira, propriamente dita, vende-se quase de tudo:
chás para todos os gostos e para todos os males...
...especiarias...
(amei esta foto!)

...chocolate caseiro e artesanal...
...e até pizzas com este aspecto fabuloso.
Foi um dia intenso que terminou comigo numa operação stop da GNR a soprar no balão. Felizmente só bebi 2 caipirinhas nos nossos vizinhos "Copa na Cabana" e só acusou 0,22.
"Olhe que esta senhora condutora não pode beber mais nada hoje!"
"Fique descançado, Sr. guarda! Esta condutora vai já direitinha p'rá caminha!"

3 comentários:

Nelson Aguiar disse...

Mais uma caipirinha e não sei se não ía para os 0,60!!

Kate Moch disse...

Podes crer! Bolas, bolas! Mas eu como responsável, ajuizada e ponderada que sou, mais uma caipirinha estava COMPLETAMENTE fora de hipotese.
;-)
Vai lá vai...

Anónimo disse...

Ai a minha rica filha....
vê se tomas bem conta dela e da loura...
mas se calhar ainda vao ser elas a tomar conta de ti..
voces estão o máximo
beijos e bem trabalho
AC