sexta-feira, 8 de março de 2013

O Bolo do ano de MCMLXXV

No passado fim de semana a malta de Minde nascida em 1975, onde eu me incluo, fez uma jantarada daquelas. Era imperativo haver um bolo para cantar os parabéns a todos por mais um ano, e eu ofereci-me para essa tarefa. Claro que não comprei um bolo, fiz um bolo.
Aqui ficam as fotos deste maravilhoso exemplar de 3 andares.

A Feridas diz que nós conseguimos fazer o bolo da Profissão de Fé (Comunhão Solene) dos nossos filhos que será em Maio próximo. Alguém tem dúvidas?!....

Ok, para este, contei com a ajuda da mãezinha.....

 Por dentro

Por fora

Lindo por fora e maravilhoso por dentro, que faz deste bolo uma mistura de Irina Sharik e Madre Teresa de Calcutá.

...e não, não vou falar no dia da mulher, que é uma coisa que me irrita!
Não percebo qual é a emoção de esperar pelo 8 de Março para ir em excursão atirar uns gritinhos parvos e histéricos num jantar com 50 mulheres, histéricas também, ou num concerto de Tony Carreira no Pavilhão Atlântico. 
Não somos mais nem menos que os homens, somos iguais (com a excepção que ficamos mais bonitas nuas), precisamos uns dos outros e assim é que é bonito.
Os dias da mulher querem-se TODOS, ok?!...

E se este dia foi inventado para lembrar as mulheres vitimas de violencia, maus tratos ou discriminação por esse mundo fora, então, em vez de inventarem um dia em que o gajego anda todo aos saltos, melhor tivessem inventado um ferro em brasa para enfiar no truquelho* dos autores dessas barbaridades.

*truquelho - anús em Minderico

3 comentários:

Anónimo disse...

És tão boa!!!!
Posso contratar-te para 14 Dezembro - 3 anos do meu filhote? :)

Bolo e bolinhos e supercakes e cupcakes e tudo em cakes?
Pode ser? :)

Prometo vinho para os crescidos!!!

Rache

Anónimo disse...

Já agora...tu dormes? Estilo as pessoas normais? :) hehehe
É que eu canso-me só de ler as vossas actividades!

Rache

Kate Moch disse...

Pouco...
Dormimos pouco...