sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O QUE EU GOSTAVA...

... de ser uma mulher muito fashion, sempre com o útimo grito, com coisas a fazerem pendent umas com as outras. O que eu gostava de me maquilhar todas as manhãs com gosto, de ir cabeleireiro sem ser só para cortar de seis em seis meses, de consultar obrigatoriamente a Vogue no início de cada estação para saber o que comprar.
O que eu gostava de abrir todos os dias o roupeiro e não suspirar "o que me apetecia mesmo era vestir umas calças de ganga e um camisolão". O que eu gostava de ser glamourosa e de saber o que é uma cluch (clush? clutsh? como é que isto se escreve?...)
Toda a vida disse "quando for uma senhora crescida"..., vou ser assim ou assado, vou usar saltos altos todos os dias, nunca me vou esquecer de por creme hidratante... Bem, parace-me que já não vou ser uma senhora muito mais crescida do que já sou e... ainda não aconteceu nada. Continua a ser uma seca vestir-me para ir trabalhar, cada vez me apetece mais andar trongalhona ao sábado que é quando o meu dia dia é ocupado entre idas ao mercado e reuniões de escuteiros. Durante o resto do tempo arrasto-me, infeliz, vestida de pacote de açucar, mas sem qualquer convicção.

3 comentários:

Kate Moch disse...

Até eu miga, até eu...

Anónimo disse...

Vá lá, não desenimem que voces um dia vao lá chegar e eu estou cá para ver
Beijos
AC

wolfinho disse...

Vâo?!?! Já sâo.