sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

OS VERDADEIROS CROMOS, PARTE II


O HEROI
Sei pouco acerca do Heroi.
Lembro-me que era trabalhador da Junta (não era?...)
A imagem mais nítida que tenho dele é dos desfiles de carnaval que se fizeram em Minde durante alguns anos, em que ele, digníssimo, encabeçava o cortejo, vestido de Rei do Carnaval. E todos os carnavais que se seguiram ele continuava sempre a desfilar de Rei do Carnaval, ainda que desfilasse sózinho, o cortejo era só ele. Tinha uma corneta de plástico e um chapéu cómico e vivia feliz, pelo menos do dia de carnaval...

3 comentários:

Anónimo disse...

o Heroi é uma grande personagem da nossa terra era um pobre diabo que quando havia a mudanca da lua ele vinha pra rua com um grande funil de uma grafenola e fazia grandes rezas pelas ruas. (nós diziamos anda com a lua )

..os meus momentos!! disse...

Eu lembro-me do Herói!!
O que importa era que ele vivia feliz no seu Mundo!!

Olha lá Feridas, gostaste da sugestão de comidinhas que te dei há uns tempos?....que tal?...uma maravilha...tal e qual como diziam as fotos?..hehe....

Beijinhos

krasiva disse...

Depois do Herói o Carnaval nunca mais foi o mesmo...mesmo com o Alto Pina, o Carrascal e o Carro Velho no seu melhor. Lembram-se daqueles cortejos?
bjs